Arquivo da tag: como tratar DPOC

Pneumologia Intervencionista: O uso de válvulas endobrônquicas no tratamento de fístulas alvéolo-pleurais

Outra indicação crescente para o uso das válvulas endobrônquicas unidericionais é para o tratamento de fístulas alvéolo-pleurais persistentes ( >14 a 30 dias) em pacientes sem condições cirúrgicas.

Estuda-se a árvore brônquica através do estudo tomográfico do toráx para planejar a estratégia de abordagem pela endoscopia respiratória, ou seja, quais segmentos serão investigados e/ou tratados.

Durante a endoscopia respiratória implanta-se um balão de Fogarty preenchido por água no brônquio/bronquíolo segmentar que leva ar para o(s) segmento(s) acometido pela fístula e observa-se se há redução da fuga aérea com a oclusão daquele segmento. Se a fuga aérea reduzir de forma importante ou parar completamente é o indicativo de que aquele segmento é o que aloca a fístula. Segue-se então com a implantação da válvula no segmento doente, tratando a fístula.

Abaixo segue a imagem de um balão de Fogarty e da válvula implantada.

 

 

 

 

Abaixo um artigo sobre o tema:


Válvula Endobrônquica no tratamento do Enfisema


Vídeo apresentando o efeito da Hiperinsuflação na dinâmica pulmonar


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 212 outros seguidores